Você esta aqui > Página Inicial > Eventos

DE OLHO NO FUTURO, CBVELA INAUGURA NOVA SEDE NA MARINA DA GLÓRIA E CRIA HALL DA FAMA DA MODALIDADE

Bicampeões olímpicos, Torben Grael e Marcelo Ferreira são homenageados em cerimônia na manhã desta quarta-feira

28/06/2017 | Confederação Brasileira de Vela.

De frente para a Baía de Guanabara, a Confederação Brasileira de Vela (CBVela) inaugurou, na manhã desta quarta-feira, dia 28, sua nova sede, na Marina da Glória. Orgulhosa do passado, mas pensando pra frente, a entidade celebrou a nova casa dando o primeiro passo para a criação do Hall da Fama da vela no Brasil, com uma homenagem aos bicampeões olímpicos Torben Grael e Marcelo Ferreira. O evento contou também com a presença dos velejadores que defenderão o país em julho no Mundial de Optimist, classe de formação para crianças e adolescentes. Para completar, durante a cerimônia foi selada a assinatura da renovação, até 2020, do contrato da CBVela com o Bradesco, patrocinador máster da Confederação desde o último ciclo olímpico.

Convidados de honra, Torben Grael e Marcelo Ferreira foram os primeiros atletas a botar as mãos nos moldes que irão, no futuro, compor o Hall da Fama da vela brasileira, homenageando os grandes nomes da modalidade. Com cinco pódios, Torben é o maior medalhista olímpico do esporte brasileiro, ao lado do também velejador Robert Scheidt. Em seis participações nos Jogos, foi ouro em Atlanta-1996 e Atenas-2004, na classe Star; prata em Los Angeles-1984, na Soling; e bronze em Seul-1988 e Sydney-2000, novamente na Star. Hoje, o velejador ocupa o cargo de vice-presidente da Federação Internacional de Vela (World Sailing) e foi o primeiro brasileiro a ingressar no Hall da Fama internacional da modalidade. 

"A inauguração da sede aqui na Marina da Glória é a concretização de um sonho pra gente, que é ter uma sede com saída para o mar. Sem dúvida, é um acontecimento importantíssimo para a vela brasileira. Fiquei muito feliz com a homenagem, e ter aqui a presença da equipe jovem nos deixa ainda mais felizes e confiantes no futuro do esporte", comentou Torben Grael.

Grande parceiro de Torben na conquista olímpica de dois ouros e um bronze (Sydney-2000) na classe Star, entre outros títulos, Marcelo Ferreira também se mostrou orgulhoso por este novo momento da vela brasileira. 

"Depois de 30 anos velejando, dos quais 25 ao lado do Torben, é um prazer imenso ver esta sede inaugurada na Marina da Glória. Realmente, é brilhante. Gostaria de deixar uma mensagem para os pequenos velejadores presentes: a Optimist é uma classe individual, mas o importante é isso que estão fazendo aqui, estar em equipe, trocando, aprendendo. Vocês têm muito a crescer dessa forma. Que vocês tenham sucesso na competição. Perseverança é a palavra certa para o velejador", disse.

Torben e Marcelo transmitiram um pouco do seu conhecimento e muito de boas energias para os cinco jovens brasileiros que disputarão o Mundial de Optimist na Tailândia, a partir de 11 de julho. Nicolas Bernal, Marina da Fonte, Bernardo Pereira, Leonardo Crespo e Luiz Otávio Correia receberam dos ídolos uma bandeira do Brasil para a viagem e coletes de competição.

"Estou muito feliz por poder conhecer o Torben e o Marcelo. Será um campeonato muito difícil e ajuda muito receber esse apoio. É uma honra estar aqui ao lado deles e ver a inauguração desta nova sede da CBVela. Com certeza, ver o sucesso que eles tiveram nos motiva a pensar em sermos campeões olímpicos também", afirmou o atual campeão brasileiro de Optimist, Nicolas Bernal.

Pra frente

Em uma conquista histórica para a modalidade, a Confederação Brasileira de Vela fechou, em dezembro de 2016, um convênio com a BR Marinas, responsável pela administração da Marina da Glória, e nesta quarta-feira inaugurou oficialmente no local sua sede. Será a principal base de infraestrutura técnica e de treinamento para os velejadores no país, com vagas secas e molhadas, além de contêiner. 

"É um prazer enorme estar aqui neste momento histórico para a vela brasileira, celebrando esta nova sede com saída para o mar, onde podemos conjugar nossas operações esportivas com as operações de escritório. Estar aqui com essa dupla incrível, Torben e Marcelo, que foi motivo de inspiração para que eu também velejasse, é algo único. Gostaria também de agradecer demais ao Bradesco por toda a parceria e a renovação. O Bradesco sempre acreditou na gente e esteve conosco desde os primeiros momentos da CBVela ", reforçou o presidente da CBVela, Marco Aurélio de Sá Ribeiro.

De acordo com o superintendente executivo do Bradesco e responsável pela plataforma de esportes, Fábio Dragone, a renovação do vínculo é mais um passo importante na consolidação do investimento do banco no esporte brasileiro.

"É uma grande honra para ao Bradesco dividir este espaço com pessoas tão importantes para a vela brasileira. E é também uma grande satisfação anunciar essa renovação para o próximo ciclo olímpico, que acontece por algumas razões. Todos sabemos que a vela é uma modalidade supervencedora, o que é um dos objetivos do banco, mas a Confederação também mostrou ter governança e uma estratégia de longo prazo, o que foi fator chave para essa decisão", avaliou Dragone.

 

SOBRE A CBVELA

A CBVela foi constituída em 2013 e é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico do Brasil (COB). Tem o Bradesco como patrocinador oficial, o Grupo Energisa como parceiro oficial e patrocinador oficial da Vela Jovem e a Richards como apoiadora oficial. A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: sete. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 18 medalhas em Jogos Olímpicos.

SOBRE O BRADESCO ESPORTES

O Bradesco é um tradicional apoiador do esporte Brasileiro. Em 2017, o Banco se tornou patrocinador oficial do Esporte Clube Pinheiros, com investimentos em projetos voltados para formação de atletas e/ou apoio a programas de alto rendimento nas modalidades de basquete, handebol, vôlei, judô, ginástica artística, esgrima, levantamento de peso e Triathlon. O Banco também patrocina as confederações de judô, rugby e vela. Com quase 30 anos de existência, o Programa Bradesco Esportes e Educação apoia o desenvolvimento de crianças e jovens, a partir dos 8 anos de idade, por meio da prática esportiva nas modalidades vôlei e basquete femininos. Cerca de 2 mil meninas são atendidas anualmente nos Núcleos de Formação e de Especialistas.

Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Vela

Diego Cunha

Tel.: +55 21 3724-8170 / 21 98191-0780

E-mail: diego.cunha@mginpress.com.br

Tiago Campante

Tel.: + 55 21 3723-8177

E-mail: tiago.campante@mginpress.com.br

 

Quer saber quais são as notícias mais importantes da Vela? Clique aqui e não perca nenhum detalhe sobre o seu esporte preferido!

Ainda não faz parte de nossa rede?

PATROCINADORES E PARCEIROS
Patrocinador Master Parceiro Oficial Apoiadores Oficiais