Você esta aqui > Página Inicial > Eventos

EQUIPE BRASILEIRA DE VELA, COM CARAS NOVAS E NOMES CONSAGRADOS, É APRESENTADA AO FIM DA COPA BRASIL

Em disputa de alto nível técnico, Carlos Robles e Marco Grael vencem na 49er. Primeiro compromisso internacional será o Troféu Princesa Sofia, na Espanha

11/03/2017 | Confederação Brasileira de Vela.

Com caras novas e nomes consagrados, a Equipe Brasileira de Vela está formada para a temporada 2017, a primeira do ciclo olímpico dos Jogos de Tóquio 2020. A definição veio neste sábado, dia 11, último dia de regatas da IV Copa Brasil de Vela, com a decisão dos campeões de cada classe olímpica, nas raias do Guaíba, em Porto Alegre. São eles: Carlos Robles e Marco Grael (49er), Jorge Zarif (Finn), Fernanda Oliveira e Ana Barbachan (470 feminino), Geison Mendes e Gustavo Thiesen (470 masculino), Patrícia Freitas (RS:X feminino), Albert de Carvalho (RS:X masculino), João Pedro Oliveira (Laser), Gabriella Kidd (Laser Radial) e Isabel Swan e Samuel Albrecht (Nacra 17). As campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze, que participaram esta semana da competição de 49er, serão a dupla da classe 49er FX. O primeiro grande compromisso internacional do calendário é o Troféu Princesa Sofia, em Palma de Mallorca (Espanha), a partir do próximo dia 24.

“É apenas o começo do ciclo olímpico, mas creio que temos muito potencial como dupla”, afirmou Carlos Robles, que nasceu na Espanha mas é filho de mãe brasileira e tem dupla cidadania. “O Marco tem mais experiência que eu, já disputou os Jogos Olímpicos do Rio. Nós fazemos uma boa parceria. Fora da água, somos amigos e temos o mesmo objetivo: sermos os melhores velejadores que pudermos ser”.

A disputa na 49er teve alto nível técnico. Carlos Robles e Marco Grael foram os vencedores com 13 pontos perdidos. Maior medalhista olímpico do esporte brasileiro, Robert Scheidt ficou com a medalha de prata, ao lado de Gabriel Borges (16 p.p.), mostrando evolução e competitividade na primeira disputa na sua nova classe no Brasil. Martine Grael e Kahena Kunze, velejando entre os homens, acabaram em terceiro lugar (29 p.p.).

Em relação aos Jogos Rio 2016, as novidades na Equipe Brasileira são a presença de João Pedro Oliveira na Laser, Gabriella Kidd na Laser Radial e Geison Mendes e Gustavo Thiesen na 470 masculino, além de Albert de Carvalho, que venceu no RS:X masculino na ausência de Ricardo Winicki, o Bimba, velejador que dominou a classe no país nas últimas duas décadas.

Em contrapartida, atletas que ficaram no top 10 nos Jogos Rio 2016 ratificaram nas águas do Guaíba o predomínio técnico em suas classes, com o título da Copa Brasil. Foram os casos de Jorge Zarif (quarto colocado nos Jogos Rio 2016), Patrícia Freitas (oitava nos Jogos Olímpicos), Fernanda Oliveira e Ana Barbachan (oitavo lugar nos Jogos) e Isabel Swan e Samuel Albrecht (décimo).

“Foi um bom resultado. Nos próximos dias já vou embarcar para Palma de Mallorca, que é o primeiro campeonato internacional na Europa este ano. A Copa Brasil serviu como preparação, para tentar melhorar”, disse Jorge Zarif.

De acordo com o regulamento estabelecido pelo Conselho Técnico de Vela (CTV), os atletas vencedores da IV Copa Brasil de Vela passam a integrar o plano de investimento da Confederação Brasileira de Vela (CBVela) para participação nas principais competições internacionais deste ano. Além deles, os velejadores sub-23 mais bem classificados nas suas respectivas classes receberão suporte. Todos serão constantemente analisados no Programa de Desenvolvimento Individual de Atletas durante o ciclo olímpico, até os Jogos de Tóquio 2020. A competição em Porto Alegre também valeu pontos para o ranking mundial da Federação Internacional de Vela (World Sailing).

“Tivemos uma grande competição ao longo dessa semana, demonstrando mais uma vez a qualidade dos velejadores brasileiros. É com satisfação que vemos o surgimento de novos nomes e também a confirmação de atletas com experiência e conquistas internacionais. Os velejadores estão todos de parabéns. E só temos a agradecer ao Bradesco, patrocinador da CBVela; à Federação de Vela do Estado do Rio Grande do Sul, ao Clube dos Jangadeiros e ao Veleiros do Sul, nossos parceiros na organização do evento”, afirmou Marco Aurélio de Sá Ribeiro, presidente da CBVela.

KITESURFE

A principal novidade da Copa Brasil foi a estreia do kitesurfe como nova classe da vela. Na categoria Foil, o campeão foi Roberto Veiga, com 12 pontos perdidos. Na Tubular, o vencedor foi Eduardo Fernandes, com 45 p.p. O evento foi válido também como 1ª Etapa do Brasileiro de Hidrofoil.

II COPA BRASIL DE VELA JOVEM

Paralelamente à Copa Brasil, foi disputada a II Copa Brasil de Vela Jovem. Na classe 420, os vencedores foram André Fiuza e Pedro Zonta, com 15 pontos perdidos; na 29er, Lorenzo Bernd e Philipp Rump venceram uma disputa muito equilibrada, com 13 p.p.

Os resultados finais vocês podem acompanhar clicandos nos links abaixo:

Finn

470

RSX Masc

RSX Fem

Laser Standard

Laser Radial

Nacra17

49er

29er 

420

Kitesurfe

Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Vela

Danielle Lima

Tel.: +55 21 3724-1642 / 21 99648-1024

E-mail: danielle.lima@mginpress.com.br

Tiago Campante

Tel.: + 55 21 3723-8177

E-mail: tiago.campante@mginpress.com.br

Veleiros do Sul

Ricardo Pedebos

Tel.: +55 51 3265 1733 ramal 5

E-mail: comunicacao@vds.com.br

Clube dos Jangadeiros

Neiva Mello

Tel.: +55 51 9 9973-7375

E-mail: neiva@neivamello.com.br

 

SOBRE A CBVELA

A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico do Brasil (COB). Tem o Bradesco como patrocinador oficial, o Grupo Energisa como parceiro oficial e patrocinador oficial da Vela Jovem e a Richards como apoiadora oficial. A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: sete. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 18 medalhas em Jogos Olímpicos.

Quer saber quais são as notícias mais importantes da Vela? Clique aqui e não perca nenhum detalhe sobre o seu esporte preferido!

Ainda não faz parte de nossa rede?

PATROCINADORES E PARCEIROS
Patrocinador Master Parceiro Oficial Apoiadores Oficiais